Agrupamento de Escolas de Maximinos
Escola Secundária de Maximinos
Escola Básica 2/3 Frei Caetano Brandão
Centro Escolar de Maximinos
Centro Escolar da Naia
Escola Básica 1º ciclo/J. Infância de Estrada
Escola Básica 1º ciclo da Gandra
Centro Escolar de Gondizalves

Princípios Orientadores que regem o Prof. de Educação Especial

(Artº 2º do Decreto-lei 3/2008)

1)Justiça e solidariedade social;
2)Não discriminação e combate à exclusão social;
3)Igualdade de oportunidades no acesso e sucesso educativo;
4)Participação dos Encarregados de Educação;
5)Confidencialidade da informação.

Princípios Orientadores que regem o Prof. de Educação Especial

(Artº 2º do Decreto-lei 3/2008)

1)Justiça e solidariedade social;
2)Não discriminação e combate à exclusão social;
3)Igualdade de oportunidades no acesso e sucesso educativo;
4)Participação dos Encarregados de Educação;
5)Confidencialidade da informação.

Medidas Educativas

Medidas Educativas

(Ponto 2 do Artº 16º do Decreto-lei 3/2008)

1)Apoio Pedagógico personalizado;
2)Adequações curriculares individuais;
3)Adequações no processo de matrícula;
4)Adequações no processo de avaliação;
5)Currículo específico individual;
6)Tecnologias de apoio.

Objectivos subjacentes na prática pedagógicos

Objectivos subjacentes na prática pedagógicos
(Ponto 2 do Artº 1º do Decreto-lei 3/2008)


1)Promover a inclusão educativa;
2)Proporcionar acesso e sucesso educativo;
3)Desenvolver a autonomia;
4)Criar estabilidade emocional;
5)Propiciar igualdade de oportunidades;
6)Preparar para o prosseguimento de estudos ou para uma adequada preparação para a vida profissional;
7)Promover a transição da escola para o emprego.

Constituição do Departamento de Educação Especial

Constituição do Departamento de Educação Especial

O Departamento é constituído por professores de Educação Especial, colocados ao abrigo da legislação vigente e presta apoio a alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE).

Competências dos Prof. de Educação Especial

Competências dos Prof. de Educação Especial

1)Colaborar com os órgãos de gestão do Agrupamento no sentido de criar e desenvolver as condições necessárias para uma boa inclusão de alunos com necessidade educativas especiais no ensino regular; 
2)Participar nas avaliações especializadas, no âmbito dos processos de Referenciação dos alunos que possam eventualmente necessitar de Educação Especial.
3)Elaborar, com a psicóloga do agrupamento, de Relatórios Técnico Pedagógicos, sempre que solicitados pelo Órgão de Gestão do Agrupamento;
4)Determinar os apoios especializados, as adequações do processo ensino/aprendizagem e as tecnologias de apoio de que o aluno deva beneficiar;
5)Encaminhar alunos que foram objecto do processo de Referenciação e Avaliação, mas que não carecem da intervenção dos serviços especializados, para os apoios a disponibilizar pela escola
6)- Cooperar com o professor Titular de Turma / Director de Turma na elaboração do Programa Educativo Individual (PEI);
7)Participar na elaboração do Plano Individual de Transição (PIT);
8)Elaborar relatórios circunstanciados, no final do ano lectivo, em conjunto com a psicóloga, professor Titular de Turma /Director de Turma e outros técnicos envolvidos no processo educativo dos alunos com NEE;
9)Colaborar na revisão do PEI dos alunos com os elementos que nele participam;
10)Leccionar áreas curriculares específicas conducentes à autonomia pessoal e social dos alunos com Currículo Específico Individual (CEI);
11)Apoiar os alunos na utilização de materiais didácticos adaptados e nas tecnologias de apoio;
12)Orientar e assegurar o desenvolvimento dos CEI`s
13)Apresentar propostas para o Plano Anual de Actividades decorrentes do Projecto Educativo do Agrupamento;
14)Colaborar na articulação de todos os serviços e entidades que intervêm no processo de reabilitação dos alunos;
15)Participar nas reuniões de conselho de turma/conselho de docentes, quando convocados;
16)Sensibilizar os professores disponibilizando informação técnica e saberes específicos;
17)Colaborar com os directores de turma nos contactos com os encarregados de educação dos alunos com NEE;
18)Colaborar com os directores de turma na procura de formas de promover relações de confiança para uma boa integração no meio escolar;
19)Acompanhar os alunos com NEE nas visitas de estudo e/ou outras actividades, sempre que necessário.

Agarre em Si. Invista no seu futuro!
Nós também somos Qualifica!

Mais informações em www.qualifica.gov.pt

Ficha de inscrição

logoErasmus.png

cartaz1.jpg

capaAndarilho.png

Disponível no agrupamento

AcademiaMusica Cartaz