Agrupamento de Escolas de Maximinos
Escola Secundária de Maximinos
Escola Básica 2/3 Frei Caetano Brandão
Centro Escolar de Maximinos
Centro Escolar da Naia
Escola Básica 1º ciclo/J. Infância de Estrada
Escola Básica 1º ciclo da Gandra
Centro Escolar de Gondizalves

Princípios Orientadores que regem o Prof. de Educação Especial

(Artº 2º do Decreto-lei 3/2008)

1)Justiça e solidariedade social;
2)Não discriminação e combate à exclusão social;
3)Igualdade de oportunidades no acesso e sucesso educativo;
4)Participação dos Encarregados de Educação;
5)Confidencialidade da informação.

Princípios Orientadores que regem o Prof. de Educação Especial

(Artº 2º do Decreto-lei 3/2008)

1)Justiça e solidariedade social;
2)Não discriminação e combate à exclusão social;
3)Igualdade de oportunidades no acesso e sucesso educativo;
4)Participação dos Encarregados de Educação;
5)Confidencialidade da informação.

Medidas Educativas

Medidas Educativas

(Ponto 2 do Artº 16º do Decreto-lei 3/2008)

1)Apoio Pedagógico personalizado;
2)Adequações curriculares individuais;
3)Adequações no processo de matrícula;
4)Adequações no processo de avaliação;
5)Currículo específico individual;
6)Tecnologias de apoio.

Objectivos subjacentes na prática pedagógicos

Objectivos subjacentes na prática pedagógicos
(Ponto 2 do Artº 1º do Decreto-lei 3/2008)


1)Promover a inclusão educativa;
2)Proporcionar acesso e sucesso educativo;
3)Desenvolver a autonomia;
4)Criar estabilidade emocional;
5)Propiciar igualdade de oportunidades;
6)Preparar para o prosseguimento de estudos ou para uma adequada preparação para a vida profissional;
7)Promover a transição da escola para o emprego.

Constituição do Departamento de Educação Especial

Constituição do Departamento de Educação Especial

O Departamento é constituído por professores de Educação Especial, colocados ao abrigo da legislação vigente e presta apoio a alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE).

Competências dos Prof. de Educação Especial

Competências dos Prof. de Educação Especial

1)Colaborar com os órgãos de gestão do Agrupamento no sentido de criar e desenvolver as condições necessárias para uma boa inclusão de alunos com necessidade educativas especiais no ensino regular; 
2)Participar nas avaliações especializadas, no âmbito dos processos de Referenciação dos alunos que possam eventualmente necessitar de Educação Especial.
3)Elaborar, com a psicóloga do agrupamento, de Relatórios Técnico Pedagógicos, sempre que solicitados pelo Órgão de Gestão do Agrupamento;
4)Determinar os apoios especializados, as adequações do processo ensino/aprendizagem e as tecnologias de apoio de que o aluno deva beneficiar;
5)Encaminhar alunos que foram objecto do processo de Referenciação e Avaliação, mas que não carecem da intervenção dos serviços especializados, para os apoios a disponibilizar pela escola
6)- Cooperar com o professor Titular de Turma / Director de Turma na elaboração do Programa Educativo Individual (PEI);
7)Participar na elaboração do Plano Individual de Transição (PIT);
8)Elaborar relatórios circunstanciados, no final do ano lectivo, em conjunto com a psicóloga, professor Titular de Turma /Director de Turma e outros técnicos envolvidos no processo educativo dos alunos com NEE;
9)Colaborar na revisão do PEI dos alunos com os elementos que nele participam;
10)Leccionar áreas curriculares específicas conducentes à autonomia pessoal e social dos alunos com Currículo Específico Individual (CEI);
11)Apoiar os alunos na utilização de materiais didácticos adaptados e nas tecnologias de apoio;
12)Orientar e assegurar o desenvolvimento dos CEI`s
13)Apresentar propostas para o Plano Anual de Actividades decorrentes do Projecto Educativo do Agrupamento;
14)Colaborar na articulação de todos os serviços e entidades que intervêm no processo de reabilitação dos alunos;
15)Participar nas reuniões de conselho de turma/conselho de docentes, quando convocados;
16)Sensibilizar os professores disponibilizando informação técnica e saberes específicos;
17)Colaborar com os directores de turma nos contactos com os encarregados de educação dos alunos com NEE;
18)Colaborar com os directores de turma na procura de formas de promover relações de confiança para uma boa integração no meio escolar;
19)Acompanhar os alunos com NEE nas visitas de estudo e/ou outras actividades, sempre que necessário.

cartaz1.jpg

logoErasmus.png

Agarre em Si. Invista no seu futuro!
Nós também somos Qualifica!

Mais informações em www.qualifica.gov.pt

Ficha de inscrição

AcademiaMusica Cartaz